A TV Bandeirantes abre as portas para o Sítio do Pica-Pau Amarelo

A TV Bandeirantes abre as portas para o Sítio do Pica-Pau Amarelo

A TV Bandeirantes abre as portas para o Sítio do Pica-Pau Amarelo

Em 1967 o casal Júlio Gouveia e Tatiana Belinky volta a cena para comandar uma nova produção do Sítio do Pica-Pau Amarelo para a televisão, agora na TV Bandeirantes, com o patrocínio do Bolo Pullman.

A estreia aconteceu no dia 12 de dezembro de 1967, às 17 horas, com o tema de abertura, assim como na Tupi, composto por Salathiel Coelho; “Polca da Primavera”.

Com um investimento maior, o novo cenário muito próximo a um sítio de verdade que contava com outros elaborados para cada viagem feita pela turma, o casal também levou para essa nova adaptação, atores que já haviam participado da versão exibida pela TV Tupi, com exceção de alguns personagens que tiveram seus atores trocados ao longo da série.

Na primeira fase do Sítio na TV Bandeirantes faziam parte do elenco principal: Lúcia Lambertini (Emília), Edi Cerri (Narizinho), Isaura Bruno (Tia Nastácia), Leonor Lambertini (Dona Benta), Mauro Tach (Pedrinho) e Roberto Orozco (Visconde De Sabugosa).

Mesmo com uma estrutura melhor, Júlio Gouveia se mostrava insatisfeito com o programa, porque não gostava do videoteipe que eliminava a sensação de se atuar em um teatro com uma plateia, como ele sempre fez. As paradas para cortes, ajustes de cenas, cenário ou atores, além da necessidade de filmar vários takes de cada cena, também faziam com que cada episódio de 30 minutos, levasse de 7 a 8 horas para ser filmado, o que desgastava bastante atores e toda equipe técnica.

Haviam ainda, de acordo com relatos, problemas administrativos. Na Tupi, Júlio tinha total liberdade para criar seus programas e na Bandeirantes ele precisava se adaptar ao estilo da emissora.

Para completar, Júlio Gouveia detestava a interrupção dos episódios para os intervalos comerciais, algo que também não acontecia na Tupi, quando o programa era ao vivo.

Por volta da metade de 1968, o descontentamento também atingiu o elenco que acabou sendo praticamente todo trocado, entrando nessa segunda fase: Silvinha Lane (Narizinho); Zodja Pereira (Emília); Ewerton de Castro (Visconde Sabugosa); Roberto Campos (Pedrinho) e Célia Rodrigues (Dona Benta).

Em 1969 a sede da emissora sofreu um incêndio devastador, que destruiu praticamente todas as suas instalações e grande parte de seu acervo. Como refazer todo o cenário exigiria um grande investimento, o Sítio do Pica-Pau Amarelo acabou sendo exibido pela última vez, no dia 14 de março daquele ano.

É importante a gente esclarecer, que todas as informações que trazemos aqui, são fruto de um árduo trabalho de pesquisa, que contou com a inestimável colaboração do amigo e diretor do SBT, Jefferson Cândido – @ omundomagicodelobato.
Conseguimos assim, identificar os principais atores que deram vida aos personagens de maior destaque da obra de Lobato, nas primeiras versões do Sítio para a TV.

Caso você tenha outras informações, entre em contato com a gente.
A contribuição de todos que amam o Sítio do Pica-Pau Amarelo, é muito importante para esse resgate e para que a verdadeira história não se perca com o tempo.